01/12/2020

Peru recheado com salva do nosso Thanksgiving

Foi a nossa primeira celebração do verbo Agradecer. O primeiro jantar de Ação de Graças, que pode não ter lógica nenhuma para muitos mas que faz todo o sentido para mim. Gratidão é um sentimento que fica muitas vezes esquecido e ao qual não damos a devida atenção nem valor. É incrível como a expressão "Graças a Deus" se ouve tantas vezes no meio de conversas banais mas depois, o exercício de refletir sobre a gratidão não é feito na mesma proporção. Ser grato pelo que temos é quase sempre ficar mais feliz porque muito facilmente o nosso pensamento foge para as coisas menos boas e são estas que temos tendência a valorizar. A nossa mente fica muitas vezes ocupada com assuntos menos bons, que deixam um nó na garganta e o coração apertado. É preciso parar, tentar esvaziar a mente de tudo isso e recarregar a bateria com o polo positivo. Por vezes é preciso fazer um reset para reabastecer o coração com coisas boas. Arrumar as más e dar-lhes o lugar que merecem. Dar valor e agradecer tudo o que temos. Ser gratos até pelas coisas menos boas, e que muitas vezes são o empurrão para nos tornarmos melhores. É como qualquer forma de exercício e é preciso treinar. Nós fizemos uma festa à volta disso, agradecemos, conversámos com os miúdos e foi sem dúvida, um jantar para recordar.
Depois de partilhar na página de facebook, foi incrível ler os comentários e ver como há bastantes pessoas que pensam como eu. E perceber que já há por cá uma grande legião de fãs desta celebração!

29/11/2020

Jantar de Ação de Graças

 

Num ano tão desafiante como este, em que temos estado tão confinados e longe de quem gostamos, sinto falta das reuniões à mesa, da casa cheia, das festas e de todo o planeamento e confusão dos dias anteriores. Sinto falta dos dias especiais e das mesas bonitas. Talvez por isso tenha resolvido celebrar o Dia de Ação de Graças. Agradecer foi o tema do jantar e em família fizemos esse exercício, por vezes tão difícil, de dar valor a todas as coisas que temos. Pode parecer um desafio desvalorizar todas as coisas menos boas que este 2020 nos trouxe mas se pensarmos com o coração, é muito fácil encontrar motivos para agradecer.

19/11/2020

Coroa de maçã na lata {Presentes de Natal}

 

Tudo tem um lado bom. E se não fossemos obrigados a abrandar por uma força maior, grande parte de nós não estaria já a preparar o Natal. Com tempo e a tranquilidade que este nos traz, tudo parece mais fácil. Esta sugestão já não é nova mas o frasco de recheio para tarte de maçã que fiz na semana passada estava mesmo a pedir uma coisa destas! A massa é uma espécie de brioche, com um toque delicioso de vinho do Porto e raspa de laranja a fazer lembrar o bolo Rei. O engraçado disto é que é feita já na lata onde vai ser oferecida, não havendo cá problemas de tamanho. Como se costuma dizer, encaixa que nem uma luva!
Na dúvida de como será o Natal com tudo isto que está a acontecer, todos os dias são bons para mimar quem gostamos e esta caixa irá surpreender de certeza!

13/11/2020

Chilli com almôndegas [sugestão p/ aproveitamento]

Nestes dias confusos em que temos sido bombardeados com notícias, opiniões e indicações de todos os lados, é difícil saber para onde nos virar. Tudo é posto em causa, mas é preciso abrandar e sossegar o lado esquerdo do peito senão tudo se torna mais difícil. Eu prefiro canalizar a frustração de não poder fazer planos a longo prazo para algo bom. Vou aproveitar o "tempo livre" para terminar tarefas e planos que andam a ser adiados à tempo demais, vou planear o Natal, com todas as dúvidas incluídas, vou cozinhar para aliviar a semana de trabalho e pensar em coisas boas. Não há coração que resista a tanta pressão se não cuidarmos dele!
Para aconchegar a alma, nada melhor que uma receita assim. Tudo juntinho para aguentar melhor o embate desta crise gigante que tanto nos tem abalado. Devemos pensar assim enquanto comunidade, todos por um ao invés de cada um por si! Só vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil com a ajuda de todos ou então o enorme esforço de alguns não vai valer de nada.

10/11/2020

Recheio para tarte de maçã e outras gulodices

Era eu ainda pequena quando o meu Avô me ensinou o que era a Maçã Bravo Esmolfe. Enquanto a maioria dos seus vizinhos agricultores não pronunciava corretamente o nome desta maçã, chamando-lhe os nomes mais engraçados dos quais ainda me recordo "maçã bravo mofo", eu, pequenita, já o pronunciava perfeitamente, para enorme orgulho do Avô. Desde sempre que é uma das minhas maçãs preferidas, a par da sua antagónica e ácida maçã reineta. 
O maravilhoso desta receita é que dá para fazer com todo o tipo de maçã, sendo que o resultado mais ou menos ácido, vai depender disso mesmo. E é a receita perfeita para dar uso às maçãs enrugadas da fruteira, transformando-as numa delícia dentro de um frasco. Pode conservar-se durante uma semana no frigorífico, pronta a rechear uma tarte, uma uma massa lêveda ou massa folhada ou na arca congeladora, por vários meses. 
Um frasco destes colocado num cesto com uma tarteira bonita, uma receita passada à mão, dá um presente encantador que irá fazer as delícias daquela amiga que adora cozinhar. É uma excelente solução para um presente de última hora, porque faz-se num instante e é sempre útil.

31/10/2020

Jantar de Halloween

 

Noutros anos por esta altura, estaria a confirmar se os saquinhos de pano estavam em ordem para sair logo à noite e cumprir a tradição. Na noite de 31 de outubro, os miúdos pegam nas caixas de sapatos decoradas assustadoramente com as quais escondem a cara e juntam-se em bando para ir pelas ruas, de casa em casa, cantar os Bolinhos e Bolinhós. Na mão levam um saco de pano onde guardam as guloseimas que lhes oferecem depois de cantar a lenga-lenga a cada porta. Hoje em dia já quase ninguém lhes oferece frutos secos ou bolinhos e chegam a casa com um saco cheio de gomas e chocolates (que tenho fazer desaparecer misteriosamente senão é uma tentação!). 
Habitualmente decoramos a porta da nossa casa e deixamos um cesto com vários saquinhos de guloseimas para quem passa porque nós nunca ficamos em casa mas este ano, com a situação delicada em que nos encontramos, vamos ficar e fazer a festa aqui mesmo!
Ementa escolhida e tudo a postos para a diversão!

11/08/2020

Bolo de cenoura [crua] com recheio e cobertura de chocolate

 
Recentemente voltei a aceitar encomendas para festas. É sempre bom sentir esta espécie de normalidade, com o corre, corre que tão bem conheço das semanas em que tenho entregas para fazer. A salvação é sempre programar bem as coisas pois uma das minhas características mais flagrantes é ser distraída. Sou muito observadora e bastante perspicaz mas tenho que anotar tudo na agenda senão... é o caos. 
Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU