20/02/2022


A combinação de massa de pão de ló, natas e fruta sai sempre vencedora e ultimamente é a mais pedida! O 19 de fevereiro tem comemoração dupla cá em casa (eu e ele!) e normalmente a escolha do bolo é controversa porque eu é mais chocolate e ele é mais fruta e natas. Este ano a escolha foi ao encontro do gosto dele mas acho que ficámos todos a ganhar porque ficou para lá de maravilhoso! 
A decoração foi muita a gosto da Maria que queria morangos e "doce de ovo cozido" - segue um prémio para quem adivinhar a que é que ela se refere!
Um bolo fresco e nada enjoativo, perfeito para uma festa onde normalmente já se chega à parte do bolo sem espaço para mais nada!

 
Pão de Ló
6 ovos
2 cup* de açúcar
2 cup de água
2 cup de farinha T55
1,5 c. sobremesa de fermento para bolos
 
Ligue o forno a 180ºC.
Unte duas formas redondas de 20 cm de diâmetro. Forre o fundo com papel vegetal.
Separe as gemas das claras e bata as claras na batedeira até estarem em castelo. Junte as gemas, uma a uma, continuando a bater. 
Com a batedeira em movimento, acrescente a água alternando com o açúcar. 
Por fim, junte a farinha peneirada com o fermento e envolva sem bater.
Divida a massa pelas duas formas e leve a cozer durante 30 minutos.
Retire do forno, deixe arrefecer 5 minutos na forma antes de desenformar e deixe arrefecer sobre uma rede.
 
Fios de ovos (usei 1/3 da receita)
12 gemas 
1 ovo

Calda:
500 g de açúcar
1,5 dl de água

Misture as gemas e o ovo e passe-os duas vezes por um passador de rede.
Misture o açúcar com a água e leve ao lume até fazer ponto de fio (105ºC).
Coloque os ovos num funil próprio e deixe cair na calda quando esta estiver a ferver e e borbulhar, em movimentos circulares.
Deixe cozer por 1 minuto e retire com uma escumadeira. Coloque-os numa taça com água bem gelada para interromper a cozedura. 
Deixe escorre num passador.
 
Depois do bolo estar completamente arrefecido, cortar a meio. 
Bater 2 pacotes de natas frescas com 6 c. sopa de açúcar e uma colher de sopa de açúcar baunilhado.
 
Colocar uma camada de bolo num prato, espalhar uma camada de natas, fruta fresca a gosto (usei morangos e framboesas) e outra camada de natas. Sobrepor outra camada de bolo e repetir até terminar. Se gostar do bolo mais "naked" barre com menos natas.
A decoração foi feita com raspas de chocolate branco (basta passar um descascador de cenouras numa tablete de chocolate branco). 
Não usei nenhuma calda pois a húmidade das natas e da fruta é sufuciente. 
Para garantir que o bolo não descai, é melhor colocar 3 estacas (ou paus de espetada) antes de colocar as natas e a fruta por cima.
Para um resultado perfeito, deve fazer-se este bolo de véspera e reservar no frigorífico!

 

30/12/2021

Lombinhos de coelho com cogumelos e chalotas

 

A semana entre o Natal e o Ano Novo é sempre uma semana complicada em que andamos todos um pouco enfartados. Às tantas já apetece qualquer coisa diferente {preferência que se prepare rapidamente}e estes lombinhos de coelho são perfeitos para isso. 

08/12/2021

Molho de arandos {para acompanhar peru}

Este é provavelmente um dos molhos que mais gosto para acompanhar a carne de peru. Fica delicioso e ao contrário da maioria das receitas que encontrei, não leva açúcar.

07/12/2021

Sopa de abóbora e amêndoa torrada




Sou fã de sopa. De toda a maneira e feitio, cremosa, mais ou menos condimentada, suave, com mais ou menos legumes, com ou sem massinhas, enfim, todo o tipo de sopa. Daí que há sempre sopa, mesmo em dias de festa. Nestes dias tento servi-la um pouco mais engalanada mas há sopa na mesma. Esta é daquelas que pode ser feita em qualquer dia de semana, sem muito tempo, pois a única coisa que acrescentei foi a amêndoa torrada e que por si só já dá um toque diferente e bem agradável.

03/12/2021

O melhor recheio para carnes, batata doce e abóbora

 

Não é preciso muito para que um prato se transforme. A prova disso é este recheio à base de frutos secos e broa que uso há muito tempo para rechear perna de peru, lombo e também a batata doce. Fica divinal! Pode ser preparado com antecedência para poupar tempo e até congelado se sobrar. 
Guardem a receita porque vale mesmo a pena experiementar!

01/12/2021

Empada de abóbora e frutos secos

 

Adoro empadas. Doces ou salgadas, tanto faz. Confesso que não sei do que gosto mais, se de as fazer ou de as comer! 
Fiz esta bonita para o nosso jantar de Ação de Graças e a decoração saiu meia tosca sem grande planeamento. Tinha ficado encantada com a decoração de algumas empadas que vi pelo Pinterest mas como tudo, quando não há tempo que chegue [e estas coisas requerem algum tempo] o resultado não fica o esperado. Mas como o mais importante é o sabor, tenho mesmo que registar aqui uma das minhas empadas doces preferidas!

29/11/2021

Dia de Ação de Graças

 

2021 foi aquele ano em que me vi ultrapassar limites, cair e levantar. Mas precisamente por isso, quero pensar nas coisas boas, nas mudanças boas que aconteceram e estão a acontecer.

Este foi um ano de muita reflexão, avaliação e mudança. Um ano de reconexão com a natureza [maior que nunca]. Senti que somos uns sortudos por ter a possibilidade de ir à aldeia e usufruir de toda a vida no campo, como mais ou menos esforço que isso implique. 

Por tudo aquilo que tenho para agradecer, pela minha família, pelos amigos que são família e que não nos faltam nos momentos difíceis, pelas sorte bestial que temos em estar num país onde não há guerra [esta é referida pela Maria] por ter emprego e principalmente por ter saúde. 

Deixo o registo do nosso jantar de Ação de Graças ou do Agradecer ou da Gratidão como lhe queiramos chamar. 

Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU